Ensaios Guaratinguetá, SP

Ana Rodrigues - Ensaio Feminino

Ensaio feminino da fotógrafa Ana Rodrigues em Guaratinguetá, SP.


Você já se enxergou como as outras pessoas te enxergam?


Essa pergunta pode ser estranha porque não temos que ser como as pessoas querem que a gente seja. Porém, em muitos casos, nós nos auto sabotamos.

A auto sabotagem tem sido uma expressão muito comum em vários relatos sobre autoconhecimento e foi uma dessas coisas que me fez refletir.


Assistindo uma palestra da Rafa Brites no TEDx sobre a síndrome da impostora, entendi muita coisa. Nós não fomos criadas para ser o que somos. Somos moldadas pra ser o que as pessoas querem que sejamos. Quando conquistamos algo incrível, parece que foi sorte ou que, talvez, não fôssemos merecedoras daquilo. Mas em algum momento da vida, quando você entende que é única e capaz de qualquer coisa (mesmo com todas suas imperfeições), você entende que algumas pessoas já viam isso em você.

Normalmente suas amigas, sua mãe (que talvez não tenha sabido te passar esses valores, mas ela sempre soube do seu potencial), seu companheiro ou sua companheira... essas pessoas te faziam elogios (que você não sabia como responder) e te encorajavam a fazer coisas que você mesmo duvidava. É aí que entra a auto sabotagem! Sua mentalidade de que você não é merecedora de estar onde está, de não se sentir completa porque enquanto você se realiza no trabalho, você está deixando menos tempo para seus filhos, marido e familiares. Ou quando você está curtindo muito seus filhos e marido e deixando um pouco o trabalho, você sente culpa porque deveria estar dando mais atenção ao trabalho.

Eu digo isso me referindo a mim mesma! Como me via e me sentia... e graças ao empoderamento feminino (desculpa, mas veio pra ficar!), nós estamos tendo a oportunidade de ouvir, ler e saber que não estamos sozinhas em todos esses sentimentos que nos acompanham por várias gerações e que nossas bisavós, avós e mães talvez não tenham tido as oportunidades que temos agora de sermos quem somos de verdade e sem julgamentos. Que as mulheres não devem se sentir ameaçadas por outras mulheres empoderadas. Elas podem se inspirar nesses exemplos e entender que, no fundo, passamos por situações muito parecidas, cada uma a sua maneira.


Enfim, eu escrevo aqui uma mistura de sentimentos que tive ao longo da minha vida e que me trouxeram até aqui. Hoje!

Eu, de verdade, não imaginava que um dia escreveria sobre isso numa posição de ajudar outras mulheres, mas acredito que devo fazer isso como retribuição à todas que me inspiraram e desejo alcançar todas as mulheres de alguma forma com meu próprio relato.


A aceitação própria é algo mágico e transformador!

Encontrei, nessas fotografias, uma nova forma de me enxergar e uma nova maneira de me expressar.


Ana Rodrigues.

Tags

boudoir feminino empoderamento fotografia Guaratinguetá ensaio fotográfico estúdio fotográfico

Fotógrafa Ana Rodrigues em ensaio feminino em Guaratinguetá, SP.
Ensaio feminino em Guaratinguetá no estúdio fotográfico da Ana Rodrigues.
Fotógrafa de Guaratinguetá em ensaio feminino no estúdio fotográfico.
Retrato da fotógrafa em Guaratinguetá.
Estúdio fotográfico em Guaratinguetá faz ensaio feminino da Ana Rodrigues.
Ana Rodrigues em estúdio de fotografias no ensaio feminino em Guaratinguetá, SP.
Retrato feminino no estúdio fotográfico em Guaratinguetá da Ana Rodrigues.
Fotógrafa Ana Rodrigues no ensaio feminino em Guaratinguetá.
Macramé da Vivenda Guarani em Guaratinguetá.
Ensaio boudoir em Guaratinguetá da fotógrafa Ana Rodrigues.
Fotografia de ensaio boudoir em Guaratinguetá no estúdio fotográfico da Ana Rodrigues.
Ana Rodrigues em ensaio fotográfico boudoir em Guaratinguetá, SP.
Fotógrafa Ana Rodrigues no ensaio fotográfico feminino em Guaratinguetá.
Ensaio fotográfico em Guaratinguetá
Retrato feminino em Guaratinguetá com a fotógrafa Ana Rodrigues.
Fotógrafa de Guaratinguetá faz ensaio fotográfico feminino em estúdio fotográfico.